19 maio 2015

Relacionamentos descartáveis


“Casamento é igual submarino: até boia de vez em quando, mas foi feito para afundar”.

Ouvi essa frase hoje de uma atendente do restaurante onde tomo café da manhã e isso infelizmente retrata o pensamento de muita gente nos dias atuais. Ela já teve dois relacionamentos (um casamento e um “ajuntamento”) e disse que não quer mais saber de se relacionar sério (casar ou se juntar) com mais ninguém. 


Eu, como cristão, fico triste ao ouvir este tipo de coisa. Porque, como disse Jesus, “nem sempre foi assim” (Mateus 19:8). Família é projeto de Deus (Gênesis 2:21-24). (Tá, eu não vou fazer um blog para pregar, só irei colocar aqui o que tenho aprendido de Jesus e que, de fato, é a verdade e pode ajudar.) O problema – esta é minha opinião e você está livre para discordar – é que as pessoas estão tratando (e sendo tratadas) as outras como objetos. Objetos de prazer para ser mais preciso. Relacionamentos “descartáveis”.


Relacionamento, qualquer que seja ele, é algo para ser levado muito a sério. Relacionamento amoroso então... Eu acredito que o problema de relacionamentos fracassados está no individualismo. Do se preocupar apenas com o próprio bem estar. 


Muitas vezes, em qualquer relação, precisamos ser flexíveis, dar o braço a torcer e até sofrer, se preciso, para que o relacionamento não seja destruído. (Penso no sofrimento de Jesus, naquela cruz, pagando um alto preço para que nós pudéssemos ser chamados de filhos de Deus e nos relacionarmos com o Pai, mas hoje ninguém quer pagar um preço muito menor que esse para preservar seus relacionamentos. Sofrer? Pra que mesmo? Por quem mesmo?) Uma frase que eu gosto muito desde que ouvi pela primeira vez diz “perca a razão, mas não perca sua paz”. É isso que eu tenho colocado em prática na minha vida desde então. E tem dado certo. 


Já vi casos de casal se separando porque uma das partes passou a se sentir superior: mais bonito(a), mais rica(o), mais “isso” ou mais “aquilo” que a outra pessoa. Vi até caso de um casal que se separou por má influencia de uma amiga que insistia “mulher, tu é muita linda para esse homem”. E quando tinha uma pequena discussão entre essa casal, a enviada do capeta atacava “mermã, sai disso, tem um monte de gato afim de tu”.  E prevaleceu o ditado “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. 


Mas enfim, eu sou divorciado e depois disso já tive outros namoros que não deram certo. Por que? No caso do casamento, foi pura imaturidade e irresponsabilidade minha. Casei novo (20 anos) e quis me comportar como se ainda fosse solteiro. Vacilei feio e paguei o preço. Me perguntam se eu pretendo casar novamente. Claro que sim! Espero em Deus conhecer (se já não a conheço) uma mulher que venha somar à minha felicidade. Descobri que o segredo é esse, aprender a ser feliz sozinho e não impor esta missão (talvez impossível) a outra pessoa. 


Ame mais. Perdoe sempre. Sofra se preciso for... Mas não desista tão facilmente do amor. Não caia nessa de “se não der certo, separa”. Enquanto você pensar assim, é exatamente assim que vai acontecer. Pense em ser feliz e seja feliz. Com ou sem alguém.  

3 comentários:

Lanussa Ferreira 19/5/15  

Ai, que saudade de escrever nesse cantinho aqui!!!

Falou e falou bonito!!!

E diz se eu e Arlinda não somos ótimas inspirações!!!

kkkkkkkkkkkkkk

Arlinda Monteiro 19/5/15  

Claro que eu penso em casar de novo. Até cinco vezes se preciso for...kkkkkk

Manoel Filho 19/5/15  

Eu também estava com muita saudade de escrever aqui, Lanussa. Valeu pela força!

------------------------

Arlinda, tú não "ixeste"! kkkkkkkkk

O BLOG

Este blog têm conteúdo fantasioso e não deve ser levado tão a sério. A cópia do conteúdo é permitida e incentivada, mas por favor, linken a fonte e dêem os devidos créditos. Melhor visualizado com os olhos abertos, resolução de 1024x768 ou superior e usando o navegador Firefox.

ULTIMAS POSTAGENS

TRANQUEIRAS

TwitterCounter for @manuelzinho100 Medir Directory of Entertainment Blogs Divulgue o seu blog!

Social Commentary Blogs - BlogCatalog Blog Directory who's online

blogs piauienses

eXTReMe Tracker

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

  © Blogger template 'Mantis' by Ourblogtemplates.com 2008 | Customizado por MaNuElZiNhO

Voltar para o TOPO